05 dicas para preparar sua fábrica para automatizar o empacotamento do gelo

Muitas pessoas possuem dúvidas de como começar uma automatização dentro da sua fábrica de gelo. Seus questionamentos mais frequentes são:

Por onde começar?

O que devo comprar?

Será que preciso adaptar minha empresa?

Qual equipamento devo comprar?

Portanto, vou apresentar algumas dicas de como você pode preparar a sua empresa para automatizar o empacotamento de gelo.

Deixe claro seu objetivo com a automatização.

Alguns geleiros sentem vontade em automatizar suas fábricas de gelo, mas não possuem um objetivo claro para essa automatização. Se você pertence à esse grupo, vou fazer algumas perguntas que podem te ajudar nessa definição:

– É para economizar com mão de obra?

– Pretende aumentar sua produção?

– Precisa ganhar mais velocidade no seu processo de empacotamento do gelo?

– Deseja manter uma padronização da embalagem de gelo?

O primeiro passo para qualquer implementação, é saber o que você deseja de fato, assim, você consegue medir o resultado disso.

Lembrando que essas perguntas são apenas algumas ideias para te fazer pensar e deixar claro qual é o seu objetivo com a automatização da sua fábrica de gelo.

Saiba os acessórios e o equipamento necessário

Assim como uma máquina de gelo precisa de outros elementos para funcionar (como por exemplo o gás refrigerante), a embaladora automática não é diferente.

Além do equipamento, para iniciar um processo de automatização de embalagem você vai precisar de outros elementos para deixar o processo completo.

Para auxiliar você, vou apresentar os insumos e os acessórios que são necessários para o funcionamento da EICE- Primeira embaladora automática para gelo, são eles:

– Compressor de ar: A EICE possui um sistema pneumático, portanto se faz necessário o uso de um compressor de ar para realizar o processo perfeito de funcionamento.

– Ponto de água simples: Parece inusitado o uso de água dentro desse processo, mas calma, vou explicar o porquê: A água utilizada dentro do processo da EICE serve para resfriar a resistência responsável por selar as embalagens, mantendo-as sempre na temperatura correta para não danificar o saco plástico.

É claro que os dois pontos apresentados acima servem para a EICE, já que ela é completa. Mas o que significa isso?

• Esteira em Z: Em formato tipo Z, essa esteira é utilizada para o transporte do gelo até o dosador;
Dosador de Gelo: O dosador é responsável pelo fracionamento do gelo, é ele que determina a quantidade de gelo que será alocada na embalagem;
• Esteira de saída: Responsável pelo transporte da embalagem de gelo pronta.

A ideia de ter um conjunto completo foi desenvolvida pensando nas fábricas de gelo, para que assim, o empreendedor consiga ter mais praticidade e menos problemas para pensar, trazendo mais comodidade na implementação do seu processo automático.

É importante saber disso, pois algumas embaladoras genéricas não oferecem o conjunto completo, portanto, dependendo da sua escolha, você deve se preparar para a compra desses acessórios citados acima separadamente.

Prepare sua embalagem

Essa é uma das dicas mais importantes, pois se você já é geleiro e trabalha empacotando manualmente, é provável que você utilize embalagens plásticas prontas.

Mas, se sua intenção é ter um processo totalmente automático, precisa se acostumar com um novo modelo de embalagens, que são fornecidos em bobinas, pois a embaladora automática é responsável por todo o processo de empacotamento e fechamento da embalagem. Sendo assim, é necessário fornecer ao equipamento uma bobina de embalagem continua, para que o fluxo de embalagem não seja interrompido.

Mas se você ainda não conhece ainda a bobina, veja essa foto abaixo que preparei para você:

Defina seu novo layout de fábrica:

Agora que você já conheceu os acessórios adequados e escolheu a embaladora automática que mais te agrada, chegou a hora de preparar seu layout fabril. Para isso, é necessário entender qual é a dimensão da embaladora e estudar onde ela pode ser alocada.

Lembre-se se a ideia é automatizar, o posicionamento dos equipamentos podem influenciar o fluxo de trabalho, por esse motivo, é necessário mapear os processos.

Exercite o pensamento à longo prazo:

Já que falamos sobre layout, é importante você entender todo o processo de produção da sua fábrica de gelo, desde a fabricação do gelo até o caminho para a câmara fria. Ou seja, esse momento é para você definir como será o fluxo completo até a embalagem finalizada e o comportamento e postos de trabalho dos seus colaboradores.

– Como será a rotina do seu colaborador?

– Qual será o processo de logística da embaladora até câmara fria?

– Como ficará a linha de produção completa?

Essas são perguntas para orientar um caminho à se seguir, quanto mais entendimento você tiver, mais rico ficará seu planejamento.

Vou te dar uma dica, anote todos os passos, isso ajudará a fixar a ideia e ter um plano de atuação claro.

Entenda…

Essa etapa é sobre planejamento a longo prazo, por esse motivo, se dedique ao máximo em pensar em todos os detalhes, assim você consegue antecipar futuros problemas e garantir o sucesso da automatização.

E agora, que você já conheceu algumas dicas para preparar a sua fábrica de gelo para automatização, quais serão os próximos passos?

Manter-se em constante movimento é um segredo de qualquer crescimento.

Leia também: Embaladora de gelo automática e semiautomática

Você deseja receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade MAC TOTAL ICE.

A Mac Total Ice precisa das informações de contato que você nos fornece para contatá-lo conteúdos. Você pode cancelar a assinatura dessas comunicações a qualquer momento.